5.09.2017

Nimona, Noelle Stevenson & The Humans, Matt Haig

livro sede de infinito

Não tenho lido muitos livros este ano mas, mesmo assim, tenho muitas opiniões em atraso que pretendo pôr em dia em Maio. Vou começar pela opinião de dois livros que li durante a maratona #springtoread, organizada pela Chris. Estes foram Nimona de Noelle Stevenson e The Humans de Matt Haig.


Nimona é uma rapariga que se consegue transformar em qualquer ser a qualquer momento. A história tem início quando ela decide tornar-se na ajudante do vilão Lord Ballister Blackheart e, em conjunto, provar ao reino que Sir Ambrosius Goldenloin e os seus parceiros da Instituition of Law Enforcement and Heroics não são os heróis que toda a gente pensa que são.
Há uns tempos atrás, esta novela gráfica era um dos livros mais populares no Booktube e blogues. Na altura, graças às críticas positivas e à premissa interessante, fiquei com curiosidade mas a leitura acabou por nunca se proporcionar. Num dos nossos últimos encontros, a Chris trouxe alguns livros para me emprestar e este foi um deles. Uma vez que esta me parecia uma leitura bem descontraída, aproveitei e li-o para a maratona. Felizmente, não desiludiu.
Em primeiro lugar, gostei muito do pano de fundo da história. Esta decorre num mundo que mistura fantasia, ciência e aspectos da época medieval e a autora consegue entrelaçar estes vários elementos de uma forma bastante criativa e natural. É engraçado ver como ela pega em alguns estereótipos e clichés do género fantástico e os usa de forma subversiva e humorística. No entanto, aquilo que mais me cativou neste livro foram as suas personagens principais. Nimona é uma rapariga determinada, inteligente e super positiva que me conquistou facilmente. Adorei também a personalidade e relação entre o Lord Ballister e Sir Goldenloin.  Visualmente, esta é uma novela gráfica muito apelativa graças aos desenhos em si e aos tons coloridos e vibrantes utilizados.
É um livro que começa de uma forma divertida e quase com uma estrutura episódica, mas que vai evoluindo e tornando-se mais negro e profundo. Confesso que achei que o final podia ter sido menos brusco mas mesmo assim achei a história ternurenta, divertida e inteligente. Acho que não é para todos (especialmente se não gostam de fantasia) mas é uma leitura rápida que recomendo.



Após um "incidente", numa noite de sexta-feira chuvosa, o Professor Andrew Martin é encontrado nu nas ruas de Cambridge. Este não se sente "ele próprio". A comida deixa-o enjoado e as roupas confundem-no. Isto tudo porque, na verdade, o professor acabou de ser trocado por um alien que tem uma missão a cumprir na Terra. Ao longo do livro, acompanhamos este alien à medida que ele procura cumprir a sua missão e lidar com esta espécie que ele não compreende - os Humanos.
The Humans foi-me oferecido pela Chris no ano passado e confesso que era um livro do qual nunca tinha ouvido falar. Resolvi lê-lo na maratona pois achei que, tendo em conta a sua premissa, esta seria uma leitura divertida e rápida. E realmente foi.
Este é um daqueles tipos de livros que te entretém enquanto estás a ler mas que acaba por nunca te conquistar e marcar. Apesar da premissa ser promissora, a história acaba por ser simples e um pouco previsível demais. É um livro com bastante humor, especialmente na parte inicial,  mas em certos momentos também soa forçado. As personagens não são muito complexas mas os laços que se vão formando entre elas soam genuínos e estas acabam por partilhar alguns momentos enternecedores. 
Eu recomendo este livro se quiserem uma leitura levinha e que vos deixe bem-dispostos no final. É perfeita para os dias de praia/passeio ou para intercalar com leituras mais pesadas.



Já leram algum destes livros? 
Acho que o "The Humans" não está disponível em português mas o 
"Nimona" sai dia 2 de Junho cá em Portugal, através da Saída de Emergência.


2 comentários

  1. Eu quero muito ler Nimona <3 A cada resenha que leio fico mais motivada e fico mesmo feliz por finalmente ser lançada em Portugal.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que fazem muito bem em trazer para Portugal..é uma leitura muito prazeirosa :)
      Bjs

      Eliminar

Latest Instagrams

© Sede de Infinito. Design by FCD.