6.30.2016

TBW para sete categorias #mcineverao

Daqui a menos de 2 horas vai começar a maratona cinematográfica "CineVerão" :)
Como tal, hoje trago-vos uma lista com alguns filmes que eu gostava de ver para "preencher" algumas das categorias. Claro que esta lista não é definitiva..tenho tantos filmes para ver que posso acabar por escolher outros para ver entretanto. De qualquer modo, aqui fica a lista :) 

6.27.2016

Ponto da situação literária #2



As saudades que eu tenho dos tempos em que realmente devorava um livro a seguir ao outro! 
Infelizmente, ultimamente, ando a ler muito pouco e ando numa fase em que não consigo/não me apetece acabar livros. Tenho uma data de livros iniciados, que comecei a ler cheia de vontade e interesse, mas rapidamente perdi a vontade de os continuar a ler :/ 
Os livros não são maus,,,acho que a culpa é minha e não dos livros :( 

6.24.2016

Maratona CineVerão

Hoje venho anunciar que vou promover a minha primeira maratona cinematográfica! Já há algum tempo que queria organizar uma maratona semelhante às literárias mas dedicada à visualização de filmes e finalmente resolvi ir em frente.
Para criar esta maratona inspirei-me nas maratonas literárias #SummerWithCreepy, do Vasco, e #MLVerão2016, da Roberta e Agora que sou crítica, que são maratonas literárias que vão decorrer neste Verão. Como gostei da ideia de ter uma maratona que durasse o Verão inteiro, resolvi adaptá-la :)

6.22.2016

Sing street & 10 Cloverfield Lane


Hoje trago-vos a minha opinião de dois filmes que estrearam em Portugal em 2016. O primeiro chama-se 10 Cloverfield Lane e estreou em Abril. O outro chama-se Sing street e estreou na semana passada. São dois filmes bem diferentes mas recomendo ambos. Continuem a ler para saber mais sobre a minha opinião.


6.20.2016

Filmes para ver no Verão

Hoje trago-vos um post de uma rubrica que andava super abandonada. Hoje é o primeiro dia de Verão e, como tal, no "5 & 5" de hoje venho falar-vos de 5 filmes que eu recomendo para o Verão e 5 filmes que eu quero ver nesta estação. Todos os filmes escolhidos estão de algum modo associados ao Verão (água, sol, praia, calor, férias, etc..):) 

6.16.2016

TAG | A minha TBR intimidante


Olá a todos. Hoje trago-vos uma TAG, algo que não fazia há algum tempo. Esta é uma TAG que tem circulado pelo Booktube e que aborda os livros que ainda temos na nossa pilha para ler. 
Vou responder usando apenas os livros que tenho por ler na minha estante em Lisboa.

6.10.2016

Um gosto mórbido por ossos (#1 Cadfael), Ellis Peters

Hoje venho inaugurar uma nova rubrica chamada de Cozies Corner que vai ser dedicada aos cozy mysteries. E o que é um cozy mystery? Existem várias definições mas a seguinte é a minha, baseada em pesquisas.

Cozy mystery: pode ser definido como um tipo de livro dentro do género policial/mistério que preenche normalmente alguns requisitos: há pouca violência e acção; decorre num local mais restrito/pequeno/íntimo, geralmente, com pessoas comuns; foca-se nas pistas e enredo; há um maior senso de comunidade;  

O meu plano é, às sextas-feiras (quando puder), vir falar-vos de um livro, filme ou série de cozy mystery. Deixar-vos algumas recomendações dentro do género :) Claro que eu não sou nenhuma perita; sou apenas uma pessoa que gosta do género e que quer, cada vez mais, descobrir novas histórias. Como tal, aceito sempre sugestões!

Para começar trago-vos um livro que li em Maio: Um gosto mórbido por ossos.

Título: Um gosto mórbido por ossos | Autor: Ellis Peters
Editora: Europa-América | Ano de publicação: 1983 | Páginas: 188
★★★☆☆½

Ano da Graça de 1136. Maio. O Prior Robert tinha um sonho. Viera ao País de Gales para conduzir as ossadas de uma santa que fazia milagres. O Irmão Columbanus tinha uma ambição. Quisera a fama de um modo pouco apropriado a um monge. O Irmão Cadfael tinha um passado. Conhecera o mundo exterior e estava disposto a esquecê-lo. Mas o Irmão John tinha um problema. Havia na sua vida uma mulher e queria conservá-la. E para piorar esta situação… Subitamente, todos eles se vêem envolvidos num assassínio. Esta é a primeira aventura e o primeiro enigma medieval do Irmão Cadfael enquanto monge e a que lhe granjeará o título de frade-detective.

Um gosto mórbido por ossos é o primeiro livro da saga do monge-detective Irmão Cadfael. A primeira vez que ouvi falar destes livros foi através do Booktube e, na altura, chamou-me muito a atenção pela premissa (um monge que investiga crimes) que me fez lembrar o livro O Nome da Rosa (uma história que gosto muito).
Parti para a leitura deste livro sem muitas expectativas e esperava, apenas, que ele me ajudasse a sair de uma ressaca literária. E foi muito bem sucedido nesse aspecto :)

Esta é uma história simples, protagonizada pelo Irmão Cadfael que é um monge bastante pragmático e inteligente, que teve uma vida bastante activa antes de ingressar nesta ordem religiosa. Basicamente, neste primeiro volume vamos conhecê-lo e acompanhá-lo numa visita ao País de Gales, com outros membros do seu convento, de modo a recuperar as ossadas de uma santa milagreira. É aí então que o homícidio ocorre e o Irmão Cadfael vai ser essencial na descoberta do culpado.

Como pontos positivos, tenho de apontar em primeiro lugar o próprio Irmão Cadfael que é uma personagem extremamente carismática e inteligente. Gostei dele, apesar de pertencer ao clero, ter uma visão bastante científica e realística do mundo que o rodeia. É também extremamente interessante ler um mistério que decorre na Idade Média e a autora consegue transportar-nos facilmente para a época histórica em questão.
O mistério em si foi interessante e prendeu-me a atenção mas foi também um tanto ou quanto previsível. De qualquer modo, a resolução final foi inesperada e acabou por ter um fim satisfatório.


Concluindo, este é um bom cozy mystery e fiquei com vontade de ler mais livros da série. Não é uma leitura impressionante mas entreteve-me :)



Curiosidade: Existe uma série baseada nestes livros chamada Cadfael (1994-1996). 
Tem 13 episódios e é protagonizada por Derek Jacobi.



E vocês? Já leram algum dos livros ou viram a série?


6.08.2016

Pais e filhos, Ivan Turguéniev


Título: Pais e filhos | Autor: Ivan Turguéniev
Editora: Relógio D' Água | Ano de publicação: 1862 | Páginas: 256
★★★★½


Cada vez mais tenho apostado em literatura russa pois são, geralmente, leituras profundas e recompensadoras. Contudo, os russos gostam de escrever calhamaços e nem sempre tenho tempo nem paciência para eles. Há uns tempos atrás quando andava a pesquisar literatura russa cruzei-me com este autor do séc. XIX que tem livros relativamente pequenos e conceituados e, por isso, decidi experimentar. Para começar escolhi o que é considerado o seu melhor livro - Pais e filhos.


6.05.2016

Ponto de situação literário #1

Geralmente, eu costumo ir falando do que estou a ler ou já li no Snapchat ou/ e Instagram mas, como nem toda a gente tem essas redes sociais, aqui fica então o meu ponto de situação literário.

6.02.2016

Feira do Livro de Lisboa 2016

Chegou finalmente a mais recente edição da Feira do Livro de Lisboa :) Começou no dia 26 de Maio e acaba dia 13 de Junho.
Já tive oportunidade de visitar a Feira cinco vezes (duas delas com a Chris *_*) e acabei sempre por não resistir e comprei pelo menos um livro em cada visita. Uma vez que já esgotei o orçamento estabelecido não conto comprar mais nenhum livro na feira e, por isso, hoje trago-vos o book haul.
Posso dizer-vos que realmente os descontos não estão espectaculares este ano, principalmente por causa da nova lei do preço fixo. Para mim, vale a pena apostar nos livros do dia e, especialmente, na Hora H.


Vou então mostrar-vos os livros que comprei, divididos pelas várias editoras. Ainda foram bastantes mas tenham em mente que eu andei a poupar este ano para a Feira e ainda só tinha gasto 10 euros em livros logo no início de Janeiro.

Latest Instagrams

© Sede de Infinito. Design by FCD.